Telefones: (11) 4702-3854  |  (11) 4702-4526  |  Celular: (11) 98311-6075
Spécialité Diagnóstico Veterinário

Cardiologia

Eletrocardiograma
O eletrocardiograma possibilita o estudo do ritmo e da condução elétrica do coração, por isso é o método de escolha para a avaliação de:
- alterações do ritmo, por exemplo, taquiarritmias, bradiarritmias;
- alterações da condução do impulso, por exemplo, bloqueio atrioventricular ou de ramos, condução por vias acessórias;
- alterações do local de formação do impulso, por exemplo, ritmos juncionais, extrassistolia ventricular.


Ecodopplercardiograma
O ecodopplercardiograma é o método indicado para o estudo anatomofuncional do coração e para a avaliação das valvas e câmaras cardíacas, do saco pericárdico e da presença de efusões, das funções sistólica e diastólica, além da investigação de tumores cardíacos. O método 'Doppler' permite avaliar a presença de insuficiências valvares, estenoses e outras condições hemodinâmicas que acompanham as diversas cardiopatias de cães e gatos.


Pressão arterial
Para mensurar a pressão de um cão ou gato pode-se utilizar as artérias de qualquer um dos quatro membros ou a artéria da cauda. A maneira mais comum de realizar este procedimento em animais é por meio da utilização de manguitos infláveis, esfigmomanômetro (relógio e pera) e de um pequeno equipamento chamado Doppler vascular.

Indivíduos hipertensos são aqueles que apresentam pressão arterial permanentemente acima dos valores determinados como normais para sua espécie.

Em pequenos animais, a incidência da Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é bem menor que no homem e, usualmente, secundária a distúrbios endócrinos ou metabólicos. As alterações de pressão arterial em cães e gatos podem causar danos ao sistema oftálmico, renal, neurológico e cardíaco, o que resulta em sinais clínicos como cegueira súbita, presença de sangue na urina, sangramento nasal, cansaço fácil, dificuldade respiratória, crises convulsivas e confusão mental.